Petrobras – Relatório de Análise

2018-09-13T12:24:29+00:00 13/09/2018|Empresas e Setores|

Volátil com as eleições

Revisamos nossas projeções da Petrobras e ajustamos o Preço Justo para PETR4 de R$ 25,50 para R$ 24,50 por ação, mantendo a recomendação de Compra.  A Petrobras tem sofrido com a redução da produção e das vendas, mas mesmo assim obteve bons resultados nos últimos trimestres, beneficiando-se da elevação dos preços do petróleo e dos derivados.  Esperamos que a instalação de novas plataformas, a manutenção da política de preços e os desinvestimentos, permitam que os lucros continuem crescendo.  No entanto, os riscos derivados das eleições presidenciais e a turbulência dos mercados emergentes, devem manter as ações da Petrobras muito voláteis nos próximos meses.

  • A empresa obteve um bom resultado no primeiro semestre de 2018, com aumento de receita e margens, mesmo com a redução nas vendas.  Isso ocorreu devido ao expressivo aumento (23,0%) dos preços no mercado interno, em consequência da alta de 36,2% na cotação média do Brent;
  • Os problemas da economia nacional e o forte aumento das importações tem levado a uma contração nas vendas da Petrobras.  No 1S18, o volume vendido no mercado interno caiu 6,3%, com as vendas totais tendo redução de 6,8%.  Acreditamos que as vendas da Petrobras devem voltar a crescer no restante do ano, com o incremento na produção de veículos e o aumento da renda e do emprego;
  • A Petrobras tem sofrido muitas pressões por manter uma política de preços atrelada às cotações dos combustíveis no exterior, em um momento de alta do petróleo e desvalorização do real.  Porém, esta política permitiu ganhos na rentabilidade fundamentais para a empresa sair da difícil posição financeira que se encontrava.  Como a moeda brasileira continua se desvalorizando e o Brent permanece acima dos US$ 70 por barril, a Petrobras pode continuar a se beneficiar desta situação, desde que consiga manter a política de reajuste.
  • As eleições presidenciais que vão se realizar em outubro próximo, vão definir as diretrizes da empresa nos próximos anos.  As declarações dos candidatos oscilam entre “reestatizar” a Petrobras até privatizá-la.  O rumo dado pelo novo governo para a empresa determinará o futuro das ações.  Se o foco atual for retirado ou reduzido, a ação vai sentir muito, sendo o contrário também válido.

Clique para acessar o Relatório Completo:

Relatório Completo – PDF




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.

As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.